Adjudicação da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Paços de Ferreira, cofinanciada com 4 milhões de euros de Fundo de Coesão através do PO SEUR, considerada um "momento histórico"

 11-07-2018
Image

A adjudicação da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Paços de Ferreira, cofinanciada com 4 milhões de euros de Fundo de Coesão através do PO SEUR, foi hoje considerada um "momento histórico" por permitir finalmente "pôr fim a esta calamidade e crime ambiental", afirmou o autarca de Paços de Ferreira, acompanhado do presidente da Câmara de Paredes.

O mau funcionamento da ETAR de Arreigada, em Paços de Ferreira, em funcionamento há 27 anos, drenava efluentes para o rio Ferreira, prejudicando sobretudo as freguesias a jusante, nomeadamente Lordelo e Rebordosa, no norte do concelho de Paredes.

Este projeto permitirá a ampliação das linhas de pré-tratamento e de tratamento biológico, bem como da linha de tratamento de lamas, o que possibilitará o aumento da capacidade de tratamento, tendo como novos valores de projeto um volume médio de 10.000 m3/dia e um volume de ponta horária de 1.000 m3/dia. Assim sendo, a empreitada hoje consignada vai permitir dotar a estação de tecnologias capazes de duplicar a sua capacidade, tratando os efluentes de 58.000 pessoas.

Conheça todas as candidaturas aprovadas pelo PO SEUR até ao momento em 

https://poseur.portugal2020.pt/pt/candidaturas/candidaturas-aprovadas/